popup arrow pop connector1 pop connector2 pop connector3
Linde Gases Ltda
Alameda Mamoré, 989 - 12º andar - Alphaville
06454-040 - Barueri - SP
Brasil
Tel.:0800 725 4633
Fax:11 2136-2736
E-mail:cliente.lg.br@linde.com

Óleos e gorduras

Os níveis de qualidade dos óleos e gorduras ou dos alimentos com alto teor de óleos e gorduras estão sempre relacionados com o controle da oxidação, que é o mecanismo de deterioração mais comum para estes tipos de produtos. A tecnologia Linde para aplicação dos gases nesta indústria permite atingir as mais altas exigências do mercado, respeitando as especificações de segurança e proteção do meio ambiente.



Visando proteger o óleo e melhorar sua estabilidade, deve-se - desde o inicio do processo produtivo - evitar seu contato com o oxigênio. A utilização do nitrogênio nesta indústria é uma alternativa eficiente, cuja importância está crescendo, em grande parte devido à tendência global de substituição dos métodos de conservação físico-químicas por outros menos agressivos.

O nitrogênio é um gás quimicamente inerte e não reage diretamente com o produto. Ele é utilizado para remover o ar atmosférico – que contém oxigênio e vapor d’água – prevenindo desta forma seu efeito oxidante. A substituição pode ser feita por meio de duas técnicas: desoxigenação ou sparging e inertização ou blanketing. A escolha da técnica dependerá do tipo de produto e da etapa do processo produtivo em que se encontra.

 

Óleos e gorduras - Desoxigenação (sparging)

O processo sparging consiste em injeção de nitrogênio gasoso, utilizando-se um elemento sintetizado, que promove o fluxo em forma de micro-bolhas. Este fluxo promove o arraste do oxigênio dissolvido no óleo, baixando-o a níveis que minimizem seu efeito oxidativo.

 

Óleos e gorduras - Inertização de tanques (blanketing)


Na técnica de blanketing, o ar presente no espaço livre (head space) dos tanques de armazenamento é substituído por nitrogênio gasoso, formando uma atmosfera protetora, que prolonga a vida útil do produto estocado.
 

Óleos e gorduras - Envase


Durante o processo de envase, uma gota precisa de nitrogênio líquido é injetada, continuamente, na embalagem, instantes antes da mesma receber a tampa. Devido à expansão provocada pela gota, ocorre a purga do ar atmosférico, seguida da pressurização da embalagem, assegurando a rigidez da mesma e proteção à oxidação.
 

Óleos e gorduras - Hidrogenação


Ainda que a maioria das aplicações dos gases na indústria alimentícia esteja relacionada com gases que não reagem com os alimentos, este não é o caso do hidrogênio, que permite converter óleos líquidos em gorduras plásticas ou semi-sólidas, como o necessário para a produção de margarinas, conferindo maior estabilidade à oxidação, melhoria de sabor e odor e aumento da vida de prateleira do produto.

A Linde detém a maior parcela deste mercado, fornecendo hidrogênio para os maiores produtores de gorduras do Brasil.

Óleos e gorduras